bithinhos

Blog do Ninho

Vai levar seu cachorro na sua próxima viagem ao exterior?

Vai levar seu cachorro na sua próxima viagem ao exterior?
Compartilhar

26/07/2017 14:56

Se você está pensando em levar seu cão em uma viagem internacional, os cuidados com vacinas, atestados e outras exigências devem ser redobrados pois as regras podem variar de país para país e de empresa aérea para empresa aérea.

Com algumas variações, as obrigatoriedades incluem chip de identificação, atestado de saúde veterinário (emitido até 10 antes do dia do embarque), carteira de vacinação (em especial, contra a raiva) e certificado de aclimatação, que diz que o cachorro pode ser exposto a variação de temperaturas.

A maioria das companhias aéreas aceita cães com até 10 kg na cabine desde que acomodados em caixas de transporte, com compartimentos fixos para água e ração. E muitas companhias não autorizam cachorros de focinho curto (braquicefálicas) por conta dos eventuais problemas respiratórios.

Elas ainda têm um limite de animais por transportar a cada viagem, o que vai exigir que você verifique a disponibilidade para o voo desejado.

Embarcá-lo na cabine ou no compartimento de cargas usualmente gera a cobrança de taxas extras que variam de acordo com o porte do cão e com a companhia aérea.

Evite viajar com fêmeas em fase de gestação e com animais muito novos ou muito velhos. Leve junto brinquedos e acessórios que ajudem a distrai-lo durante a viagem e, sempre que possível, procure circular com ele nas escalas.

Pro fim, uma dica muito importante: antes de viajar, entre em contato com a embaixada ou o consulado do país de destino e com a companhia aérea para não ter contratempos.