bithinhos

Blog do Ninho

Evite pelos embolados

Evite pelos embolados
Compartilhar

02/06/2017 20:33

Sabe aqueles pelos embolados em seu cachorro?

 

Mais que o aspecto estético, eles têm a ver com a saúde pois, muitas vezes, podem causar feridas que ficam escondidas entre os pelos podendo se espalhar por todo o corpo, machucando o seu amigo. Por isso, é importante cuidar para evitar que aconteça e quando acontecer tentar removê-los com o máximo de cuidado.

 

A melhor forma de prevenir embolos é a boa e velha (e frequente) escovação. Os pet shops usualmente recomendam fazê-la uma vez por semana, contudo, se o seu amigo tem pelos compridos ou volumosos, o ideal é fazer diariamente. Também é bom ter mais cuidado após cada passeio, removendo galhos, folhas ou outros objetos que porventura estejam preso aos pelos, dando uma boa escovada na sequência.

 

Mas como fazer a escovação?

Primeiro é importante destacar que a escova deve passar por toda a extensão do pelo, não tente fazer todo o corpo de uma vez só, trabalhe uma parte de cada vez com calma e atenção. Existem áreas que tendem a ter mais incidência de embolos, como barriga, axilas, virilha e atrás das orelhas. Comece primeiro por essas áreas. Depois de tirar os nós dessas áreas, avance para as outras partes do seu cão, dividindo seu corpo em áreas. Mas, lembre-se: vá sem pressa.

 

Você pode ainda começar pelos nós menores, já que eles se desfazem com maior facilidade. Escove bem rente à pele do seu amigo em movimentos firmes e lentos. Nunca puxe os pelos. Você pode tentar desfazer os nós com os dedos ou enfiando os dentes do pente e, em seguida, ir puxando com cuidado sempre na direção contrária à pele. Segurar no tufo ajuda a diminuir a dor do seu amigo, sentimento que vai fazer com que ele gema, tente morder ou se afastar de você.

 

Para aquelas situações mais complicadas, a dica é levar ao seu veterinário ou ao seu Pet Shop para que os profissionais resolvam. Mas a grande dica é escovar sempre o seu amigo para evitar.